terça-feira, 5 de junho de 2012

Redes Sociais

Carta mais ou menos aberta aos usuários das Redes Sociais.


Deus disse "Faça-se a internet!". E a internet foi feita. E deus viu que isso era bom. 
O que ele não podia prever é que nós foderíamos tudo. 

Dá-lhe postar foto dos pés, dos pratos, da porra do cachorro e do papagaio (Sou dessas. Curtam!). 

Dá-lhe tecer uma carapuça aqui, dar uma stalkeadinha ali. Ah! Que mal tem? 

Dá-lhe cagar regra na porra toda e mandar indireta para fulano, que será pescada por beltrano e chocará sicrano. 

Deus disse "Faça-se a internet!" e simultaneamente, veio a Sodoma do Facebook e a Gomorra do Twitter. Vai, deus! Destrói e começa tudo de novo, que a gente não entendeu nada e tá T U D O E R R A D O . COM . BR

A gente cria uma conta com todo amor e carinho, escolhe avatar (Valeu, Photoshop!), seleciona amigos e para quê? Para quê, minha gente? Para disputar mãozinhas com dedinhos para cima e/ou seguidores. E porque eu quero seguidores? Para ter mais seguidores. Por quê? Para ter mais seguidores. Por... (Looping eterno.)

Ai, mas Redes Sociais são bacaninhas, eu falo com meus amigos e... Cala a boca! Se fossem amigos de verdade, você usaria a porra da rede para marcar o ponto de encontro do final de semana, não para mandar recadinhos com corações.

E antes que Noé construa uma arca e selecione um perfil de casal por Rede Social, vale ponderar: Noé, poupe-se! Construa apenas uma canoa e leve consigo os poucos com bom senso. (Eu, por exemplo, tô fora!)

Além de tudo que apontei, as Redes Sociais acabaram com o direito da gente opinar. Não gosta da banda x? Ah! Vá se foder, vadia! Não curte o autor y? Palhaço, só fala mal porque não sabe fazer melhor! Ousou mencionar que a atriz z engordou? Se enxerga, garota! Você usa 42!

Não dá mais para expressar opinião sem ofender alguém. Em tempos de Redes Sociais, as pessoas sempre levam para o lado pessoal. Tolinhos!
É isso, cara. Aproveita a profecia Maia, Grega, Tupiniquim ou sei lá o que e dá um jeito nisso!


PS: Wagner Moura, obrigada pela inspiração. Odiei você nos vocais! 
PS 2: Curtam esse texto ou ficarei CHATIADÍSSIMA, com i de ironia. 
PS 3: Quem discordar, é porque é recalcado!

13 comentários:

Kléber Novartes disse...

Parabéns Maria, siga sem as outras!
Sua originalidade vale os 15 de 30 minutos do almoço.

Maria Tereza disse...

Minha lindaaaaaa, você é porreta, menina! Assino embaixo e peço bis pra tudo o que vc disse.

Hoje mesmo fui rejeitada pelo agregador onde mantinha meu primeiro blog, há anos e era amiga pessoal/virtual do coordenador-dono, porque cometi o crime de criar um outro blog, este com conteúdo adulto (sexualidade e afetividade) e ele achou por bem não me apoiar, pois considerou meu lindo e amado blog um desvio de conduta, porque sou mulher, casada, educadora e amo escrever (metida a poeta kkk). Mulher foi feita pra parir, esquentar a barriga no fogão e esfriar no tanque...não foi feita pra gozar, mas ficar feliz porque o marido gozou. Mulher foi feita pra ser santa, se gostar de sexo, manda internar. Perdi esta batalha, me desfiliei, mas a luta continua: pelo legítimo direito de expressa o desejo e a delícia de ser mulher. Amo seu blog, sou seguidora. beijos.

Dani Lusa disse...

As pessoas estragam a internet, lamentavelmente.

É o que eu sempre (na verdade, às vezes) digo: não sabe brincar, não desce pro Twitter.
Enfim.

Enquanto isso a gente vai se divertindo ;)

Carlos de Andrade disse...

estou te seguindo... pra que? para você ter mais seguidores...

Siga-me para que eu tenha mais seguidores kkkk

adorei o texto... e, parafraseando o Seu Madruga

"A internet não é ruim... ruins são os internautas"

e antes que digam...
"ops... o seu madruga não disse isso..."

claro que não...
do contrario seria uma citação e não uma parafrase...

beijooss

Diego Saldanha disse...

Primeira vez aqui! Ótimo texto! Gostei muito da forma irônica que escreves. Voltarei mais vezes! Abraço!
http://salpage.blogspot.com/

Andrezza disse...

Adorei esse texto e, claro, ri horrores, porque identifiquei meio mundo de conhecidos e amigos (de verdade), nas sua linhas e entrelinhas. E... Ops, me vi também! kkk...
Essa relação de amor e ódio com as redes sociais é um mal que aflige a muitos.
Continue nos presenteando sempre com seus textos ótimos, Mariazinha!
Excelente!

Devaneios disse...

Simplesmente adorei o texto, adoro escritos assim, ágeis, com bom humor e ironia.
E, ironicamente, compartilhei.
Voltarei mais vezes!

Laura Zaine disse...

Porreta! Posso compartilhar? =D

mm12moraes disse...

Adorei o texto....visualizei muita gente quando o li(inclusive eu, óbvio)...é exatamente assim!!! parabéns...vou colocar no meu mural do face e óbvio que fulano, beltrano e sicrano irão achar que é para eles. bjssss

Heratonkire disse...

Texto ingenuo e sem originalidade.
Todos os dias alguem reclama dessas mesmas coisas no face e twitter...

Simplesmente nao valorizo tanto redes sociais, elas nao sao importantes.

Valorizo quem nao usa, isso sim um ato original nos dias de hj: pessoas independentes dessa era de maniacos por “interatividade“.

E adoro quem avacalha o terreno confortavel dos incauto-maniacos autores de blogs como esse. Esses sim merecem todo respeito por mostrar o quao futil e hipocrita essa sociedade é.

Que todos vcs que elogiaram esse texto passem bastante raiva nas redes sociais. É meu sincero desejo.

Gente hipocrita!

Flah Queiroz disse...

Agradeço os comentários, inclusive o último, que se deu ao trabalho de criar um fake para opinar no meu blog. Ai, como estou importante! :)

Heratonkire disse...

De nada. Mas nao foi criado nenhum fake por sua causa, tenho esse email ha mais de dez anos... Bjs.

Flah Queiroz disse...

PPC. Puta Pessoa Chata!

Postar um comentário

Alimente os devaneios de uma Mariazinha. Comente.