sexta-feira, 22 de junho de 2012

O Mundo Vai Acabar


“O mundo vai acabar
e ela cansou de dançar.”



Segundo a profecia Maia, o mundo acabará no dia 21 de Dezembro. A pergunta é: Para você, quantas vezes o mundo acabou?
Ainda que um copo d’água com açúcar ou um bom porre o tenha feito perceber que era pura frescura, aposto que pelo menos uma vez na vida você já teve essa sensação, a terrível sensação de fim do mundo.
A perda do emprego, do amor ou do cartão do banco; a morte de alguém importante, um acidente ou qualquer baque doloroso o suficiente para tirá-lo do eixo. Quem nunca?
A vida é um constante abrir e fechar de ciclos e exagerando um pouquinho, dá para dizer que ao longo da estrada a gente vê o mundo acabar (e recomeçar) algumas vezes.
A gente morre e renasce a cada queda – eis a (des)graça de existir.
Esqueça aquela história de cultivar o jardim para contar com as borboletas. O segredo, o grande segredo, é aprender a ressurgir cada vez que seu mundo acabar.

7 comentários:

Felipe Carriço disse...

Diário de uma Fênix.

Brunno Lopez disse...

Boa observação, Flávia.

O mundo está sempre acabando e começando pra todos. Como você disse, a ideia é se reconstruir após cada final apocalíptico.

Sempre boa ideias, sempre vale a visita.

Sempre.

renata disse...

Pois, a vida não para,
E todos os dias é dia de recomeço.
Gostei do seu cantinho parabêns ele é lindo beijos até a proxima.

Tatiana Kielberman disse...

Sempre perspicaz, Flah...

Tocou fundo em mim esse ensinamento, obrigada!

Beijos e ótima semana!!

Jéรรy disse...

Seu texto me deixou sem palavras... Sério.
Obrigada por compartilhar seus grandes pensamentos por aqui, moça!

marques disse...

E é engraçado como as coisas mudam depois de cada recomeço. O mundo que estamos recriando nunca vai ser igual aquele que acabou.

Livia Araujo disse...

(Re)nascer é tão difícil. Entre choros e soluços, falta o ar pra respirar.Nessas horas colo e ombro amigo são TÃO necessários pra gente ver que o chão ainda existe sob os nossos pés... Na verdade, o mundo só deve acabar, para quem é sozinho...Porque se levantamos depois de cair é porque não faltou alguém para nos dar a mão... E a vida, continua.

Postar um comentário

Alimente os devaneios de uma Mariazinha. Comente.