segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Meu Conto

Meu conto de fadas não tem era uma vez, maçã envenenada, anõezinhos ou castelo. 
Na minha história, o nome da bruxa é ansiedade, o dragão a ser abatido são meus defeitos e o príncipe trocou o cavalo branco por uma tatuagem da Monica Bellucci. 
Não deixei o sapatinho para trás, não dei ouvidos ao espelho, não dormi por cem anos e tampouco mantive uma trança ao estilo Rapunzel. Aqui, no mundo real, aprendi a podar o faz de conta e ganhei uma história de verdade.

Duvido que alguma princesa tenha um felizes para sempre melhor que o meu feliz hoje.
Amém.

8 comentários:

Camila Lourenço disse...

Arrepiei lendo.
MIL VEZES AMÉM!

Tatiana Kielberman disse...

Nossa... Além de me identificar muito (como sempre!), fiquei mega feliz em conferir um final agradável para essa história que parece tão linda!

É o mínimo que você merece, Flah!

Aliás, bem mais original o seu conto de fadas do que todos os outros que já vi...

Beijoca, linda!

Mola disse...

A Monica Bellucci também ficou toda arrepiada aqui do meu lado.

Te amo, linda!

E que seja hoje sempre!

Valcir Machado disse...

Mesmo quando a realidade se instala em seu conto de fadas, não permita que todos os seus contos virem realidade.
Há de se sonhar os sonhos mais alentadores; há de se recostar ao som de uma boa música e sorver as ideias distantes; há de se embalar no acalanto das sempre possíveis evoluções. Eis o complemento das realidades.

Lindo texto! Mais uma vez, adoro ler você!!!
Fica bem, linda!

Karla Tabalipa disse...

Ai meu Deus, também arrepiei aqui.

Quando a gente torce por algo, é lindo ver dando certo!

Raskólhnikov disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Raskólhnikov disse...

p q textos sempre sobre relacionamentos e sobre um certo receio em relação a eles?

Pamela B. disse...

Amém,adorei!

Postar um comentário

Alimente os devaneios de uma Mariazinha. Comente.